Toda Biblioteca é uma Sala de Aula

A frequência assídua a bibliotecas traz amplos benefícios à formação, por isso, deveria  ser aspecto mais valorizado nos currículos escolares.

A realidade é oposta. Subutilizamos as bibliotecas como meio capaz de fornecer um lastro de saberes que faz diferença no tipo de pessoa que queremos nos tornar.

Quando vamos a uma biblioteca, podemos acessar um universo de informações, experiências e mentalidades que será tanto melhor aproveitado, se adotarmos um regime de visitas sistemático.

Personalidades que deram contribuições fundamentais à história humana sabiam do papel das bibliotecas como lugares de conhecimento. Como exemplo disso, podemos apontar como verdadeiros ‘ratos de biblioteca’, personalidades como: Freud, Karl Marx, Jorge Luiz Borges, Sartre.

Karl Marx leu praticamente todos os livros de Filosofia, História e Economia do acervo da biblioteca de Londres, quando morou naquele país. E seu humor cáustico tornava-se ainda mais tórrido, quando o funcionário precisava fechar o prédio, forçando-o a encerrar o estudo.

Sartre, por sua vez, no livro autobiográfico ‘As palavras’, confessa como as leituras feitas nas bibliotecas do avô e da escola, foram decisivas na elaboração das ideias que o levaram a ser um pensador sagaz.

Essas e outras figuras extraordinárias encarnam o fato de que para um bom preparo é imprescindível que a prática de frequentar bibliotecas ocupe lugar importante.

Na experiência escolar não deve ser diferente. A biblioteca não pode ocupar um espaço ínfimo na vida da escola. Os estudantes devem ser orientados e estimulados a utilizar a biblioteca e considerá-la como tesouro do qual, todos precisam se apropriar.

As práticas educacionais, contudo, ainda precisam avançar na apropriação e valorização das bibliotecas. Pode ser bem maior o número de professores que reservam tempo de sua disciplina para incentivar os educandos a frequentar ativamente as bibliotecas.

Nas instituições de ensino superior, por exemplo, é suficiente uma ida à biblioteca para perceber o rápido entra e sai de alunos à cata dos livros adotados no semestre escolar. Os livros-texto exigidos nos trabalhos escolares costumam ser os únicos volumes solicitados.

Reconheçamos. Houve melhora no nível de aproveitamento das bibliotecas como equipamentos essenciais, mas ainda há um universo de estudantes e professores que precisam ser sensibilizados.

Alguns hábitos podem aperfeiçoar a consulta aos acervos. Por exemplo, nas visitas, experimente levar as ementas das disciplinas cursadas e buscar os livros ali indicados. Assim, é possível ir além do livro-texto visando aprofundamento da matéria. Também é importante ler prefácios e apresentações que nos chamam atenção para potencializar a compreensão do objetivo do livro e eliminar leituras não-pertinentes.

Uma boa prática é reservar pelo menos um dia no mês para ir sem compromisso à biblioteca da escola e deixar-se flanar com o espírito livre. Aberto à novidade e à descoberta.

Do ponto de vista de ampliação do espectro de aprendizagem, é rico buscar títulos da Literatura universal que tratem do assunto das matérias do semestre e ainda, vasculhar livros de poesia e Filosofia que abordem a temática de estudo sob uma nova perspectiva.

Mesmo em tempos de WEB, a frequência consistente à biblioteca escolar é maneira substantiva de conhecer livros, autores e abordagens de conhecimento que podem transformar mentalidades e mudar histórias de vida.

Em cada escola em que a biblioteca é uma ‘parte morta’ ou um depósito de livros abandonados, há estudantes negligenciados no seu processo de formação.

Posted In:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s