A Lição dos Mestres

O que os mestres gravam no nosso espírito

O que os mestres gravam no nosso espírito

Navegar na memória e recordar-se dos professores que participaram de nossa formação. Um exercício simples, mas que pode elucidar segredos e revelar porque alguns professores viram referências.

Ao pensarmos em mestres inesquecíveis, costumamos sair do círculo de referências próximas e mergulhamos na história. E então, nos deparamos com o panteão eterno onde figuram: Confúcio, Pitágoras, Sócrates, Aristóteles, Platão, Pascal, Paulo Freire e tantos outros.

Mas, e  se pulássemos da História para nossas vidas? Quem faria parte de uma galeria particular de professores essenciais? Que mestres seriam como lanternas acesas a iluminar pensamentos, aguçar a curiosidade e provocar a sede de compreensão?

Para cada pessoa há uma seleção particular de mestres em razão de atributos que, segundo seu próprio julgamento, definem o que seja um professor que edifica o ensino.

Assim, há educadores consagrados pelas virtudes que inspiram; outros, pela  sensibilidade didática de fazer belas traduções do conteúdo. Existem os que ficam gravados pela eloquência com que revestem o que dizem ou pela substância de suas explicações. Além disso, há os professores que conquistam por que têm fogo na alma e agem com raro entusiasmo

Outros mestres são amados pela generosidade na partilha do saber; há quem aprecie os mestres determinados a incendiar no aprendiz o desejo do livre pensar; e existe quem venere professores com aura própria e que ensinam como fogos de artifício a iluminar a festa do saber.

De fato, cada um desses atributos compõe um repertório de verdadeiras lições vivas. Mas, que tal inserirmos entre esses atributos, a capacidade de criar laços e estabelecer conexão?

Não há mestre sem aprendizes, por isso, as competências sensíveis relacionadas aos intercâmbios humanos definem, em muito, a dimensão e o alcance da influência de quem ensina.

E o que fazer para materializar essas competências?

Ouvir e ser ouvido, encorajar a participação, valorizar o entusiasmo, estimular os que se ‘ausentam’, integrar os quase desistentes, reconhecer a dedicação, apoiar o esforço, amparar os que encontram mais obstáculos no caminho que leva à aprendizagem, encantar, impulsionar à experimentação para aproveitar os achados contidos nos erros. Enfim, assumir posicionamento existencial de proximidade e integração.

A riqueza de significados do que seja ensinar envolve certo mistério, no sentido de que os atos do ensino não são recobertos apenas pela racionalidade técnica.Ensinar é encontro humano na fantástica viagem na busca do conhecimento.

Partindo dessa visão ampla do que seja a ação do educador, ensinar é, sobretudo, operar a magia do encontro das fomes de ensinar e de aprender e, sendo encontro, requer do mestre  a busca constante de proximidade, conexões e laços.

A marca indelével dos mestres

A marca indelével dos mestres

6 comentários sobre “A Lição dos Mestres

  1. Pergentino disse:

    Vemos que são muitas as competências que se deve possuir para ser um verdadeiro Mestre. Parabéns pelo texto, Lidu! Por sua competência, você há muito já é credenciada como nossa verdadeira Mestra! Abração

    • Liduina Benigno disse:

      Pergentino,

      você é uma pessoa com profunda consciência do papel do educador. É sempre um prazer encontrar seus comentários. Você tem qualidades valiosas a um mestre, entre elas, a gratidão, a humildade e a inteligência. Grande abraço.

  2. Silvia Rejane Rodrigues disse:

    Querida Lidu,
    Te parabenizar por seus belos textos é quase desnecessário, pois vc é sempre uma unanimidade.
    Mas preciso dizer o quanto vc foi importante na minha formação como educadora do BB. Na verdade te elejo a grande mestra da minha vida. Vc é uma iluminada por Deus! Gostaria de reestabelecer contigo. Abs

    • Liduina Benigno disse:

      Sílvia, creia-me, sua mensagem foi um fortificante à minha vontade de continuar ensinando. Que nosso reencontro seja em breve.
      Beijo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s