Os sentidos da leitura

 

A leitura cria possibilidades..
A leitura cria possibilidades..

Leitura. Eis um assunto cuja anunciação pode produzir atração ou repulsa.

Aos leitores devotados, tudo o que se refere a livros, leitores e escritores é valioso e digno de atenção. Às vezes, até de adoração. Já para os que não percebem o sentido do ato de ler, a leitura é vista quase como sacrifício.

E que motivos nos dividem, de forma tão marcante, quanto ao gosto pela leitura, entre leitores e não-leitores?

Se enxergarmos a leitura apenas como um ato mecânico de decifrar sinais, a fuga da leitura pode estar ligada ao ato de ler em si. Ler exige esforço e concentração e nos faz permanecer em posição corporal fixa. Além disso, a leitura força-nos a pensar de forma mais ordenada e elaborada. E pensar é trabalho árduo.

Além dos desafios clássicos, a formação de leitores sofre os efeitos da cibercultura: o livro é um suporte sem os apelos de sonoridade e movimento, mas disputa espaço com textos de suportes eletrônicos capazes de proporcionar múltiplos estímulos ao leitor.

Mas, para além das contingências externas, somente ampliando o olhar é possível perceber a leitura como trabalho de apropriação do mundo, seja cultural, estética ou espiritual e compreender que a leitura é ato com infinitas possibilidades de criar e recriar sentidos.

É bom lembrar, também, que a leitura é um ato relacional. Um mesmo texto não produz a mesma reação. Os hábitos e o nível de compreensão produzem expectativas e julgamentos diferentes nos leitores. E até um mesmo livro provoca, em um mesmo leitor, sensações distintas em momentos diferentes.

A formação de leitores regulares implica uma reflexão sobre o próprio sentido atribuído à leitura que foi sedimentado na educação da pessoa. Esse sentido precisa ser ressignificado? Ou apenas reavivado?

Todo grande escritor é um grande leitor. Por essa razão, vasculhar o que levou essas pessoas a estabelecer uma relação tão rica com os livros auxilia na compreensão dos sentidos que a leitura pode ter.

A sabedoria popular também aponta sentidos fundamentais à leitura. Há um provérbio chinês que diz: ‘Um livro é como um jardim no bolso‘. Ele enfatiza a beleza e a utilidade que brotam da leitura.

Alguns escritores atribuem à leitura papel decisivo para o autoconhecimento; outros preferem a utilidade que a leitura possa ter; tantos outros buscam encantamento ou enlevo. Há quem queira entretenimento e evasão da realidade. Mas, para cada um a leitura é prática criativa e distinta.

Cliftoon Fadiman, grande intelectual, defendia que ‘Quando lemos um bom livro vemos mais em nós mesmos do que havia antes.‘. Ralph Waldo Emerson, o brilhante ensaísta, dizia: ‘O bom livro é o que me faz ser útil.’ Robert Louis Stevenson, o genial autor de A Ilha do Tesouro,  propalava: ‘Os livros são bons por si sós, mas são um grande substituto para a vida.

Ler é recomeçar. Clarice Lispector dizia que a leitura tem sentido inaugural. Ela tinha razão. No ato de ler há sempre um  descerrar de véus para o que antes parecia destituído de significados. O erudito  francês  Michel de Certeau afirmava que “O leitor é um caçador que percorre terras alheias”. E a leitura é realmente desbravamento. Seja ela de natureza técnica ou ficcional.

Toda leitura encerra um quê de invasão e mistério. O que se esconde ao final da página? E do capítulo? E o mais incrível é que quando desvelamos a informação que estava lá, esperando para ser lida, descobrimos, também, que o mundo já não é mais o mesmo. A realidade surge com traços que antes não eram percebidos.

Ler é uma das formas mais rápidas e eficazes de mudarmos a nós e à realidade. Cada vez que fechamos um livro pela última vez, nos despedimos de quem éramos quando o abrimos. A cada livro lido somos alguém com mais filtros para pensar a realidade e mais perspectivas para colorir o mundo.

Há sempre um sentido de desbravamento no ato de ler...
Há sempre um sentido de desbravamento no ato de ler…

 

Publicado por

Liduina Benigno

Psicóloga, escritora. Parte de inquietações comuns sobre formação profissional e autoaperfeiçoamento humano.

7 comentários em “Os sentidos da leitura”

  1. Querida,

    Depois de ler você, é sempre assim,
    o mundo já não é mais o mesmo.

    Que bom que você existe.

    Abraço grande!!!

  2. Para mim, ler é como viajar sem cansar o corpo; é desbravar horizontes, aprender, mergulhar. Adoro ler e, desde pequenininha sonhava com os livros de histórias…e sonhava com o dia em que poderia comprar muitos livros.

    1. Quando eu era pequeno, e não tinha livros nem podia comprá-los, eu os catava na rua, às vezes no lixo. Não sobrava pedaço de livro, revista, gibi, nada. Chegava em casa, refazia as capas porventura estragadas (colava um papelão, fazia um desenho), lia e guardava. Era a minha Biblioteca dos Desvalidos!
      Lembro de um, dentre os que eu achei, que só estava a metade. Eu li e, valha-me Deus, que vontade de saber do resto da história! Se eu lembrasse do nome/título, procurá-lo-ia no mundo, pra matar aquela curiosidade ainda hoje guardada.
      Poder comprar livros hoje, é o maior presente que a vida me dá. Leio-os, com fome. Fome de viver. Bjinho, Ana Cecília!

  3. “A realidade surge com traços que antes não eram percebidos”.

    Liidu,
    A beleza e propriedade dos seus ensaios são a síntese, a consagração que o ato de ler nos pode proporcionar; em cada texto seu você consegue dar poesia à realidade e realidade à poesia, numa integração que nos acolhe, conscientiza e gratifica;
    como sempre, nos instrumentaliza e nos dá confiança.
    Um beijo!
    Obrigada. Parabéns pela fluência, preparo e sensibilidade.
    Beijo bem gradão!
    Jovina

  4. Lidu,
    Que bom ler o que você escreve! Sempre nos transformamos!
    Parabéns pelo belo texto! Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s