Uma Network

Damião Martins

O trabalho entrelaça pessoas

Entre os profissionais da área de orientação profissional,  é consenso que as redes de relações firmadas no trabalho trazem impactos profundos à forma como as carreiras são edificadas.

Especialistas em comportamento organizacional também mostram como as redes de relacionamentos e a forma como expressam competências relacionais são indissociáveis dos resultados construídos nas empresas

As relações construídas a partir de experiências profissionais em comum formam  uma network. Uma configuração de relações tecida pela coincidência de percursos que insere pessoas num grupo de profissionais.

Uma network se estrutura por diversos motivos. Formação acadêmica similar, área de atuação comum, proximidade geográfica. São exemplos de porque vamos nos juntando no mundo do trabalho.

Uma network, entretanto, não se firma apenas pela coincidência de percursos, é preciso que haja consciência de pertencimento e trocas humanas visando a manutenção e saúde dos laços estabelecidos.

Compor certa rede de relações de trabalho é sentir-se parte de um grupo com histórias conectadas por elo significativo ao exercício profissional.

Uma das redes de que faço parte, é a de psicólogos que trabalham para deixar mais humanos os processos de seleção de pessoal nas organizações.

Há mais de vinte anos, sou colaboradora em R&S do maior banco do país. Entrei para o quadro por meio de seleção interna.

Inscritos no certame, mais de quinhentos psicólogos queriam ampliar sua área de atuação na empresa.

Foram várias etapas. Um processo rigoroso.

Primeira fase: análise de currículo comentado. Declaração do nível de conhecimento de tarefas próprias de Recrutamento e Seleção.

Na segunda etapa, éramos pouco mais de duzentos. Nesse universo, havia  freudianos, rogerianos, lacanianos, reichianos, behavioristas, ecléticos, plurais.

Após a segunda etapa, realizada em Brasília, éramos setenta e duas pessoas que passariam por um curso de preparação. Os cursos foram realizados em duas turmas. Uma em Brasília e a outra, no Rio de Janeiro.

Então, foi começar a trabalhar. Trabalho sério, carinho, respeito e admiração mútua. E muito aprendizado com tanta gente competente e querendo fazer o trabalho perfeito.

Quantos profissionais dispersos em diferentes estados, mas juntos na vontade e orgulho de fazer parte daquele grupo. Nomes, histórias de vida e lugares encontrando-se, reencontrado-se.

Quando me perguntam sobre Network, um dos primeiros grupos que me vem à mente é o daquele grupo de psicólogos.

Colheita de flores do campo.Damião Martins

Toda colheita entrelaça histórias de vida

 

 

18 comentários sobre “Uma Network

  1. Irani de Paula disse:

    Que mensagem emocionante, Lidu! Parabéns a você e toda a turma de 91.Foi mesmo um marco para a área de R&S do BB. Conheci nesse grupo pessoas especiais, feito você, amigas até hoje! Saudades de todos e todas…

  2. Elieuza disse:

    Parabéns, Lidú! Suas lembranças me fizeram recordar as tantas redes de colaboradores com os quais tive o prazer de conviver enquanto “ativo” do BB, e uma delas me foi de extrema importância pelo aprendizado e crescimento compartilhados e da qual tenho muitas saudades: o grupo de educadores do BB Educar.

  3. Ana Cristina disse:

    Lidu, o texto é emocionante!!!
    Fiquei pensando na minha turma que foi selecionada em 1995, já fruto do trabalho de tantos outros que já vinham construindo esta história. A trajetória dessa grande network de psicólogos é passional, repleta de episódios de muita luta e empolgação. Também me emociona pensar no quanto fazemos tudo com profissionalismo, com um verdadeiro sentido de missão. Agradeço o ensaio e o carinho da lembrança!!!

    • Judith Nemirovsky disse:

      Obrigada pela sua inspiração Lidu. Ter feito parte deste grupo mudou minha vida. Novas possibilidades, novas percepções. Aos poucos, fui tendo uma visão mais amadurecida da empresa e da responsabilidade dos colaboradores em R&S dentro dela.
      Tenho a impressão que em 1991 foi onde se consolidou, na RESEL, a pratica de se utilizar a metodologia de R&S para selecionar seus colaboradores. Ser colaboradora e ter trabalhado na área me enche de orgulho. Aprendi muito com todos vcs. Obrigada a todos.

  4. Núbia disse:

    Lidu, muito lindo o texto! Me orgulho de ser da “nova geração” de colaboradores e ter tido a oportunidade de trabalhar com você na formação de novos colaboradores. Ninguém melhor que você para escrever sobre teias e redes de relacionamentos…

  5. Nancy Abou Murad disse:

    Lidu, voce se lembra da música que a gente cantou no encerramento do curso? “Nada do que foi será, de novo do jeito que já foi um dia,…”
    Realmente, aquele curso mudou as nossas vidas. Eu me lembro com muita emoção do Gaiarsa falando do diagnóstico pelo olhar, lindo né?
    Seu texto é lindo e certamente transmite muita emoção.
    Eu trilhei outros caminhos e não exerci o papel de colaboradora, mas tive muito orgulho de ter sido selecionado, ter feito o curso, ter convivido com um grupo tão especial e ter aprendido tanto.
    Abração

  6. Jaqueline Ferreira disse:

    Aos colaboradores de 91 e a todos que pude e continuo a conviver em diversos momentos de minha vida pessoal e profissional digo-lhes que trago em mim a memória de um tempo de sonhos, de amizade, de alegria, de dificuldades, de realizações, de profissionalismo e de tantas lembranças inesquecíveis. A nomeação “psícólogos colaboradores da Resel” foi e é um diferencial em minha vida não dá para esquecer os momentos compartilhados com cada um, é uma memória recente.
    Proponho a organização de um encontro em 2011 com todos aqueles imbuídos de encontrar pessoas queridas, interessantes, intigantes, despojadas, arrojadas.
    Abraços e até breve!

  7. Lidu querida,

    de fato, esta Empresa da qual sempre faremos parte nos proporciona a oportunidade de sermos melhas de diversas redes. Além do objetivo comum, as redes formadas se caracterizam também pelo afeto e solidariedade que une seus componentes. Educadores, Selecionadores, Recrutadores, Planejadores, Criadores, Desbravadores, Realizadores. Assim somos e seremos sempre!
    Li seu artigo e suspirei feliz. Que bom!
    Beijos!

  8. marcita disse:

    Lidu querida
    que delicia saber que tambem faço,pertenço, sou contemporanea de pessoas tao especiais, e que produzimos todos juntos um trabalho de excelência !!!! somos entao todos excelentes …beijos afetuosos a todos nós, e que nossa rede não se esgarce, que fique sempre firme para nos manter mais e mais como nós, rede ampla e que continue servindo de suporte, de amparo e respaldo, de pilar e sustentáculo sólido e solidário
    para trabalhos e vidas mais plenas
    beijocas
    marcita

  9. Venina Metaxa Kladi disse:

    Lidú, abençoada inspiração. Não sou do grupo inicial mas tive a oportunidade de trabalhar na Resel, aprender e compartihar com pessoas muito especiais inclusive voce, minha amiga. Essa vivência faz parte da minha historia. Parabenizo a todos que iniciaram e a todos os outros que deram e dão continuidade a esse rico trabalho. Beijos. Venina

  10. Erika Foresti disse:

    Querida amiga e mestra, Lidú.

    Agradeço ao infinito pela benção de compartilhar um pedaço da minha estória com um grupo tão especial de colegas e, muitos amigos, que buscaram, buscam e tenho certeza, continuarão sempre perseguindo os ideais que nortearam nossa formação e atuação profissional na RESEL e pela vida afora!

    obrigada pelo carinho e mil bjs

  11. Geraldo Hoebert (Geraldinho) disse:

    Querida Liduina, não sou da turma de 1991 (sou da de 1988 por isso sou chamado por alguns de paleozóico)mas tive o prazer de conviver com várias pessoas desta turma, as quais considero meus(minhas) verdadeiro(a)s amigas. Somente alguém com o coração e a sensibilidade como a sua é capaz de expressar tão bem em palavras os sentimentos tão profundos e bonitos que se depreende do texto acima. Posso fazer parte dessa rede maravilhosa também

    • Elisabeth Marques Machado disse:

      Grande Geraldinho, nos idos de 88, éramos paleozóicos e protozoários …rsrsrsr…ainda uma possibilidade de ser.
      Você fez parte do grupo dos Selecionadores que tiveram o cargo mais perto da psicologia no BB. Você e o Carlos Ernesto, lembra? Na mesma época dos Orientadores profissionais. Durou tão pouco, dois aninhos, mas foi bom pra caramba.Grande abraço. Beth

  12. JOVINA GOMES BENÍGNO disse:

    Lidu, imagino a alegria de seus amigos da turma de 1991! Como deve ser gratificante reviver as emoções de uma forma tão viva como você faz no seu ensaio.
    Achei genial você dizer :”… E sei que existem pelo menos duas pessoas em mim. Uma antes e outra depois daquela turma de colaboradores em Psicologia Organizacional de 1991″;
    Gostei da verdade do “pelo menos”, pois em você existe uma essência única, como um perfume de fórmula indecifrável, mas o mistério é porque também existem em você tantas fragrâncias: da flor de campo mais simples à raridade e delicadeza das orquídeas; você é única, mas é muito , muito plural e eu tenho o privilégio de respirar todos os dias os seus aromas.
    Beijo grande. PARABÉNS pelo texto. E muito obrigada por ser quem você É.
    JOVINA

  13. Carlos Henrique da C. Santos disse:

    Lidu, seu artigo me fez relembrar um dos momentos mais especiais de mina vida. Como você, eu também posso dizer que há um Carlinhos antes e outro depois de 1991. A vida deu uma reviravolta, tanto pessoal como profissionalmente e aquele momento e as pessoas que fizeram parte dele estão guardadas para sempre do lado esquerdo do peito, dentro do coração, como cantou belamente o poeta das Minas Gerais.
    Forte abraco,
    Carlinhos

  14. Elisabeth Marques Machado disse:

    Querida Lidu,

    Ter experiências como esta amplia a gente, ficamos mais completas, mais fortes pra continuar a vida. Rememoro, também, a iniciativa em escrever um livro relatando as Memórias de R&S do BB, mas que deve estar emperrada em algum armário da RESEL. Gente, sem memória fica mais difícil de conhecer e entender a história e lançar novas bases para o futuro. De repente, a gente está se repetindo e nem sabe…Enfim, adorei a idéia da Jaque de “um encontro” dos colaboradores. Quem sabe, no Rio de Janeiro, aproveitando o “gás” que a cidade tá ganhando com tantos eventos planejados que ela vai acolher.

  15. Sonia Ramos disse:

    Querida Lidu!
    Parabéns, mais uma vez, pela sua sensibilidade e capacidade de colocar em palavras, com tanta leveza e propriedade, o que foi essa experiência. Também fiz parte daquele grupo “jurássico” que o Geraldinho comentou, desde 1987… Fizemos escola no BB e com certeza esse grupo de Psicólogos Selecionadores da turma de 1991 solidificou um trabalho e se tornou um marco na história da Resel. Tenho orgulho de ter feito parte desse grupo e dessa história e de ter feito tantos amigos queridos e verdadeiros. Foram momentos muito felizes e divertidos!Fazendo coro com a sugestão da Jaque, vamos organizar um encontro para comemorar esses 20 anos e celebrar muito! Um grande beijo.

  16. Willian Costa disse:

    Olá Lidú!

    Ao ler seu texto, fiquei pensando nas semelhanças vividas pela turma bolo de rolo do FPEC RECIFE e nas surpresas que a vida pode nos trazer nessa caminhada enquanto educadores.

    Grande abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s