Uma rotina eficaz é aliada do sucesso

Persistencia da memória Salvador Dali

Ter um núcleo sistemático de ações para organizar o dia

A rotina pode ser mera repetição de ações descuidadas e desordenadas ou cotidiano que traz experiências afirmativas de propósitos e metas. Tudo depende da forma como é encara da e tratada. Tudo depende de conseguirmos ou não, manter um núcleo sistemático de ações eficientes que nos aproximem do que almejamos.

Sobre o valor da rotina bem conduzida, Confúcio, filósofo chinês, apregoava o seguinte: ‘Cuidado com os seus pensamentos, eles condicionam suas ações; cuidado com as suas ações, elas definem seus hábitos; cuidado com seus hábitos, eles determinam o destino.’

Virou um hábito. E um hábito muito improdutivo.

É na rotina que ganhamos mais experiência. Ocorre que nos acostumamos a considerar a rotina como sinônimo de mera repetição e esquecemos que é na rotina conduzida de forma reflexiva e visando ao aperfeiçoamento que acumulamos experiência e aprimoramos a prática.

Mesmo na sucessão dos dias de qualquer pessoa, por mais dinâmica que ela seja, há um núcleo de atividades. Seja para a higiene, alimentação, cuidados domésticos e outros atos básicos de manutenção da existência, há um núcleo de ações repetidas. Mas, mesmo para essas atividades, cada dia sob o sol traz sua própria novidade.

Quando cuidamos de nós e de nosso entorno, essa dimensão do cuidado floresce para além do que imaginamos. O jeito que a rotina se estrutura diz se teremos uma linha de tempo existencial que é mera repetição de ações sem sentido e que talvez por isso, se expressem de um jeito descuidado e desordenado ou se cada manhã é momento de cuidado sobre o estar no mundo.

A experiência é ação aliada à reflexão. É realizar o que precisa ser feito da melhor forma. Experiente é quem não cai no pragmatismo, no imediatismo das ações irrefletidas e percebe cada pequena tarefa no seu sentido maior.

Tomar banho, por exemplo, uma ação com finalidade imediata de limpeza corporal é também momento de intimidade e de carinho com repercussão direta no bem-estar e  na saúde.                                                                           

Somos o resultado do que fazemos e como fazemos. Quase tudo advém daí. As ações nos expressam. Cuidar do cotidiano tem efeito energizante sobre todos demais aspectos da vida. Cuidar. Do momento de acordar. Da primeira pessoa que encontramos pela manhã: nós mesmos. Dos rituais de cuidado com o próprio corpo. Dos objetos que  nos proporcionam o conforto sempre tão almejado. Das pessoas à nossa volta. Das flores e plantas do jardim. Dos animais de estimação.

No livro ‘Mulherzinhas’ (1868), Louisa May Alcott apresenta o retrato de uma família de classe média que pela dedicação extrema ao lar e ao próximo, consegue superar as dificuldades financeiras que atravessa. Esse livro espelha o valor de se cuidar do cotidiano com civilidade, organização e disciplina.  

O livro é uma obra do século XIX. Não espelha a dinâmica da vida atual, mas abstraindo as peculiaridades da época, pode ser inspirador para uma rotina edificante. Outra obra que nos fala do tema é a autobiografia de Benjamin Franklin. O livro é considerado um manual para a autoperfeição humana.  O autor convida-nos a refletir, sobretudo, sobre a  dedicação ao cuidado com as tarefas que precisamos realizar e, também, sobre como utilizamos o tempo. Ele dizia que gastamos mais tempo explicando o que fizemos mal-feito do que  o que dedicamos ao que realizamos. Dizia, também, “Você pode adiar o tempo, mas o tempo não posterga”. A biografia de Franklin reflete decisivamente o sopro que o animava na sua vida vitoriosa.

Sair da rotina é ótimo. Uma rotina rígida e neurótica pode trazer tédio. Infelicidade. Entretanto, um cotidiano organizado ajuda a ganhar tempo para coisas que apreciamos. Proporcionar momentos doces e inspiradoras surpresas. Para isso, despertar olhando o mundo de forma  realística e confiante no futuro é antídoto poderoso para os sentimento de derrota que pode nos levar a  girar a roda da vida de forma mecânica e sem sentido.

 O triunfo começa nos pequenos detalhes. Tudo começa do começo. Na hora que acordamos e  colocamos os pés no chão. Cada ritual poderá contribuir para que a vida seja  uma coleção de momentos especiais que nos traduzem.Para encerrar fiquemos com as palavras inspiradoras de Elsie Lessa que nos convida com a sua prosa sensível:  “Acorda de manhã e coloca dois pés entusiasmados no chão… abre as janelas para que o sol entre, com o gesto de quem abre o coração.”

 

Posted In:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s